by    0   0

A HXD Interactive TV, criada com a meta de desenvolver aplicativos baseados no middleware do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD-T) o Ginga, resolveu diversificar sua área de atuação, embora ainda focada em conteúdos para TV. Ela anuncia seus primeiros aplicativos para as plataformas interativas proprietárias dos fabricantes de televisão. “É o começo de uma mudança na empresa, que passa a trabalhar de forma independente de plataforma”, diz Salustiano Fagundes, CEO da HXD. “Já temos acesso ao SDK (Software Development Kit) dos principais fabricantes”, destaca.

Os primeiros aplicativos da HXD para as plataformas de TVs inteligentes são para os equipamentos da LG. Em parceria com a produtora TV Pinguim, a empresa criou um aplicativo baseado na série de animação “Peixonauta”, exibida na TV por assinatura pelo canal Discovery Kids e na TV aberta pelo SBT. O aplicativo consiste em um jogo de memória, disponibilizado de forma gratuita na plataforma da LG. “Está previsto no desenvolvimento do aplicativo uma loja, com novos serviços”, diz Fagundes. “Por enquanto, queremos povoar as plataformas e ajudar a criar o hábito de usar estas ferramentas e a própria cultura dos aplicativos”, completa o executivo.

Até mesmo a radiodifusão começa a apostar nas plataformas proprietárias dos fabricantes. Para a TV Bandeirantes, a HXD prepara um portal de conteúdo, o eBand, que será disponibilizados nas TVs inteligentes da LG e da Samsung.

Para Salustiano Fagundes, o Ginga ainda não está morto, mas terá que disputar mercado com as plataformas proprietárias. “Acredito que, com os esforços do governo para sua adoção, o Ginga se torne um nicho importante”, diz. “Apostamos muito no crescimento da banda larga e na popularização das TVs inteligentes, independente de plataforma”, completa o executivo. Fernando Lauterjung.

Fonte: Tela Viva News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *